Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog da Osa

Não sou Curiosa (muito), Ambiciosa, e muito menos Invejosa. Mas por outro lado sou Ansiosa, Medrosa ( embora eu costuma dizer, medricas), Gulosa (q.b.), Ruidosa (MUITO), enfim, e ainda há quem me ache Fabulosa ou Maravilhosa :)

Blog da Osa

Não sou Curiosa (muito), Ambiciosa, e muito menos Invejosa. Mas por outro lado sou Ansiosa, Medrosa ( embora eu costuma dizer, medricas), Gulosa (q.b.), Ruidosa (MUITO), enfim, e ainda há quem me ache Fabulosa ou Maravilhosa :)

Inspiração

Cópia de IMG_6596.JPG

Daqui fala a Osa, mas qual delas...

Por vezes a Inspiração chega com tudo. Outros dias nem a cheiro.

Tenho notado que quanto mais ativa estou, mais inspirada fico. 

Fazer qualquer atividade fisica faz com tenha muitos devaneios e histórias mentais. Dou comigo muitas vezes numa corrida a "escrever Posts" da Osa.

A partilha está muito presente na minha vida, Sempre esteve. Sou a mais velha de três irmãos, não poderia ser de outra forma.

Pode não fazer muito sentido, mas enquanto estou a treinar, aquele tempo é dedicado a mim, para me sentir melhor, para melhorar a minha forma fisica...etc., mas mesmo assim, a minha cabeça não pára e começa a trazer-me ideias para poder partilhar.

Desculpem a confusão, mas para mim faz todo o sentido.

Tem sido muito assim, nesta ausência. O Blog, aqui no verdadeiro sitio dele, está parado desde 2020, onde muitas vezes pensei voltar porque a inspiração vinha em força mas o tempo não me permitia. Hoje sei que não foi o tempo. São as prioridades que mudam. E está tudo bem. O meu querido Sapinho não é uma pessoa RancorOsa e esperou por mim. Guardando a minha Osa num sitio muito bonito. Porque por vezes só precisamos de tempo. E eu sinto que precisei deste tempo para voltar ainda melhor. Não diferente, mas Melhor.

Continuar a partilhar muito de mim, mas sempre com o propósito de Inspirar. De passar a minha energia.

Curiosamente, o ano 2020 trouxe uma rotina incrivel de treino. E partilhei imenso no Instagram. De tal forma, que lembro-me que tive que fazer uma pausa da partilha e desinstalei as apps das redes sociais, durante um mês.

Foi uma espécie de desintoxicação.

Porque eu sou adepta do "...podes parar as vezes que quiseres ou precisares, mas nunca desistas...", de ser feliz.  E de continuares com o que te faz feliz.

Sempre.

Ai que Inspirada que ela está hoje. O texto já vai longo. É muita vontade e entusiasmo de estar de volta.

Sapinho querido, muito obrigada pelo destaque do Post A propósito da escrita 

 

Com Amor, Osa 

 

A propósito da escrita

20240124_085102.jpg

Daqui fala a Osa, mas qual delas...

Ontem foi de celebrar a escrita à mão.

Adoro e sempre que posso escrevo em papel.

Desde cadernos, blocos de notas, papéis e folhas soltas. Desde que haja um espacinho, eu escrevo.

Ontem dei comigo a ver cadernos e apaixonei-me por um. Mas não comprei. Porque a verdade é que tenho imensos em casa e com muitas páginas à minha espera.

Mas ainda sou a menina que adora escrever à mão.

E por aí, o que preferem? O rabiscar na folha ou o "confortável" teclado?

Contem-me tudo!

Com Amor, Osa 

Recomeçar ou Renascer das cinzas

IMG_7043~2.jpg

 

Daqui fala a Osa, mas qual delas...

Nestes primeiros dias de 2024 já muitas vezes surgiu a palavra Blog.

Será um sinal?

Chamamento?

Não sei.

Sei que foi o suficiente para me trazer até aqui. Fazer login e começar a escrever. Só por escrever. Que foi sempre o que me mais fascinou e entusiasmou. E é urgente o entusiasmo.

Muitas das minhas pessoas só agora estão a ter conhecimento desta minha faceta. A Osa.

Também muito por culpa minha. Não andava por aí a falar dela. Por vezes até sentia vergonha. Não da Osa. Mas de ser mais uma que tem um Blog.

Muitos conhecem a Osa só do Instagram ou Facebook. Não a Osa de onde ela veio. Do Sapo Blogs. No ano 2015. Com todos os medos e sonhos juntos. Que por momentos pensou em não contar a ninguém a identidade por detrás do Blog.

Mas depois a vida mudou. O Instagram surgiu e foi sendo cada vez mais sedutor. E eu fui seduzida e deixei-me levar. Aquilo era fácil, imediato e estava a palma da minha mão.

Agarrei-me ao argumento mais fraco de todos:

" a e tal não tenho tempo..."

Mas o tempo é aquillo que fazemos. Cliché eu sei, mas é a mais pura das verdades.

Palavra de Osa.

 

Com Amor, Osa a saudOsa