Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog da Osa

Não sou Curiosa (muito), Ambiciosa, e muito menos Invejosa. Mas por outro lado sou Ansiosa, Medrosa ( embora eu costuma dizer, medricas), Gulosa (q.b.), Ruidosa (MUITO), enfim, e ainda há quem me ache Fabulosa ou Maravilhosa :)

Blog da Osa

Não sou Curiosa (muito), Ambiciosa, e muito menos Invejosa. Mas por outro lado sou Ansiosa, Medrosa ( embora eu costuma dizer, medricas), Gulosa (q.b.), Ruidosa (MUITO), enfim, e ainda há quem me ache Fabulosa ou Maravilhosa :)

Público vs Privado #1

pub_vs_pri.jpg

 

Daqui fala a Osa, mas qual delas... 

 

Já não é de agora que se notam "pequenas" diferenças (para não dizer GIGANTES) no atendimento no que respeita aos serviços Público e Privado.

ATENÇÃO que isto não é de todo um Post de "Ódio" ou qualquer coisa do género negativa, é só um episódio que vivi ontem e apeteceu-me falar disto hoje.

 

Mas vamos fazer de conta que se trata de uma história, é que eu conto no mínimo 3 por dia à pequena lá de casa, por isso estou "embalada" para mais uma: 

 

"Era uma vez...

...uma menina que entrou num serviço e foi abordada pelo segurança do edifício a alerta-la que ainda estavam encerrados. A menina olhou em volta e parecia tudo já estar "operacional", mas educada como é, voltou para atrás, acatando a indicação que lhe tinha sido dada para aguardar fora dali. Ela olha para o relógio e faltavam menos de 2 minutos para o serviço abrir...eram 13:28 e o serviço "abria" às 13:30.

Ok.

O tempo que ela saiu daquele espaço foi o tempo que o segurança demorou a trocar a Placa da porta, de Encerrado para Aberto.

E disse em tom bem colocado, "Agora já podem entrar".

Ok, outra vez 

(Ao menos dou mais uns passos, pensou a menina que tem um relógio que conta os seus passos diários) 

Pronto, a menina ficou mais uma vez com a certeza que existem coisas que nunca vão mudar.

Essa menina, que raramente vai aos serviços Públicos, ficou uma vez mais com a certeza que no Público, mesmo já estando tudo no seu devido lugar e tudo pronto para dar início aos trabalhos, diz-se Não, Calma, ainda não começamos a trabalhar.  

No Privado sem as condições ideais para o atendimento diz-se, sim faça favor de entrar, e de repente se criam as condições necessárias para satisfazer as necessidades da pessoa em questão.

Ainda estes dias(semana passada), esta mesma menina precisou dos serviços de uma instituição privada que já tinha encerrado o dia e mesmo assim atenderam-na.

 

 A menina vai continuar a ir ao Público e ao Privado, pois tem que ser, mas gostava muito que as mentalidades fossem mudando. Assim como a menina também sabe que não podem todos pagar pelo mesmo. 

Ela sabe que há bons e maus profissionais em todo o lado.

E ontem não é que tivessem "mal-tratado a menina", apenas foi um episódio (devem haver milhares deles, quem não os tem??) que a menina teve vontade de contar.

 

Fim

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Blog da Osa 14.11.2017 17:11

    Sim mami, teríamos que colocar na caixa das sugestões desses serviços uma nota para colocarem espelhos em frente aos funcionários!!
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.