Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog da Osa

Não sou Curiosa (muito), Ambiciosa, e muito menos Invejosa. Mas por outro lado sou Ansiosa, Medrosa ( embora eu costuma dizer, medricas), Gulosa (q.b.), Ruidosa (MUITO), enfim, e ainda há quem me ache Fabulosa ou Maravilhosa :)

Blog da Osa

Não sou Curiosa (muito), Ambiciosa, e muito menos Invejosa. Mas por outro lado sou Ansiosa, Medrosa ( embora eu costuma dizer, medricas), Gulosa (q.b.), Ruidosa (MUITO), enfim, e ainda há quem me ache Fabulosa ou Maravilhosa :)

O Ser e o Estar, eis a questão!

Daqui fala a Osa, mas qual delas...

 

Hoje a primeira música que ouvi quando liguei o rádio foi a "Fácil de Entender" dos "The Gift".

Só um aparte, eu Adoro-os.

E ao ouvir a música veio-me imediatamente à cabeça este Post que tenho andado a "magicar" na minha cabeça já há algum tempo.

É um tema actual e é algo que tenho vivido na primeira pessoa nos últimos tempos.

 

Como sabemos o Português pode ser tramado.

Correcção, O Português É Tramado!

Ou melhor a Língua(gem) Portuguesa. 

Eu confesso que nunca gostei muito da disciplina de Português e sempre foi uma das que tive notas mais baixas. Não eram negativas, mas também não passavam de positivas baixas.

Não era dificuldade, acreditem, achava apenas desinteressante...ou não tive os melhores professores para me estimular.

Atenção que não estou de TODO a Responsabilizar ninguém pelo meu desempenho razoável. Foi só e apenas só minha culpa das notas razoáveis que fui tendo nos meus anos de escola a Português, porque em relação às outras disciplinas eu fui uma aluna melhorzinha, até fui distinguida como sendo das melhores da escola no 8º ano.

A Osa sempre foi muito estudiOsa!

 

Mas não foi para falar disto que hoje aqui estamos.

Foi para vos perguntar se tal como eu também se perguntam se conseguimos perceber a diferença entre o verbo "Ser" e o verbo "Estar". 

Vou dar uns exemplos básicos:

 

"Eu sou a Osa."

"A Osa está a escrever um Post."

 

Na primeira frase temos a conjugação do verbo Ser na primeira pessoa no tempo Presente.

(ui que estou a caminhar por caminhos pantanosos...)

Na segunda frase temos a conjugação do verbo Estar na terceira pessoa no tempo Presente.

Será que se consegue perceber a diferença?

Ou vamos ter que voltar à escola?

Mas à escola primária!!!

(Com isto vou pondo em dia as matérias, não tarda a pipoca vai precisar da minha ajuda e quero estar à altura!)

 

Agora vou dar outros exemplos:

"A Osa é Gorda/Magra."

"A Osa está Gorda/Magra"

Nestas duas frases apenas muda uma palavra.

Mas uma só palavrinha muda tudo!

Ou será que não?

Para mim sim.

Eu, como sabem estive acima do peso durante algum tempo, mas nunca estive ou fui gorda segunda a doutora 

Durante esse(s) período(s) eu tinha noção de que aquilo que o meu corpo mostrava não era eu, mas na altura a boca marchava muita e boa comidinha ( porcaria também) e estava mais relaxada no que toca ao exercício físico, por isso não podia reclamar da "minha condição física". 

O que quero deixar hoje aqui como "Mensagem" é que não importa como tu ESTÁS, o Importante é o que tu ÉS!

Eu por exemplo sempre tive Boa cabeça(graças a Deus) para lidar com altos e baixos na vida, sejam físicos ou não.

Sou uma Optimista por natureza  

Mas não somos todos assim.

Nem todos podemos, nem queremos ser Magros, tipo Carolina Patrocínio.

Vamos é fazer por nós e para nós, pois não há ninguém que o faça se tu não deixares.

Não há milagres!

Não adianta termos os melhores profissionais a trabalharem connosco, quer a nível físico quer a nível psicológico, que se não houver vontade própria para melhorar os resultados não vão aparecer.

 

Que a nossa excepção à regra seja:

"A Osa está Feliz."

porque

"A Osa é Feliz."

 

Com Amor,

Osa 

 

 

 P.S - Desculpem o texto longo, mas esta cabeça esta semana está em Mood profundo 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.