Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog da Osa

Não sou Curiosa (muito), Ambiciosa, e muito menos Invejosa. Mas por outro lado sou Ansiosa, Medrosa ( embora eu costuma dizer, medricas), Gulosa (q.b.), Ruidosa (MUITO), enfim, e ainda há quem me ache Fabulosa ou Maravilhosa :)

Blog da Osa

Não sou Curiosa (muito), Ambiciosa, e muito menos Invejosa. Mas por outro lado sou Ansiosa, Medrosa ( embora eu costuma dizer, medricas), Gulosa (q.b.), Ruidosa (MUITO), enfim, e ainda há quem me ache Fabulosa ou Maravilhosa :)

A festa de Natal da creche - Parte Adultos

FB_IMG_1513697270527.jpg

  

Daqui fala a Osa, mas qual delas...

 

Na sexta feira passada houve a festa de Natal da creche da minha filha.

E a parte dela eu vi do principio ao fim, com o entusiasmo de qualquer mãe babada

Confesso que também vi a seguinte actuação, pois estava lá a minha sobrinha, tão linda a cantar 

Mas depois disto confesso que não vi, nem ouvi mais nenhuma actuação.

E foram 10 no total.

Melhor, foram nove actuações das crianças que frequentam a instituição e mais uma actuação protagonizada por adultos.

Adultos esses que eram Pais.

Eu era um deles.

Éramos 13 mães/pais que se uniram para entreter um público bem difícil, as crianças!

Para tal acontecer, foram precisas 7 reuniões/ensaios.

Que tiveram um pouco de tudo.

Desde os nervos, às gargalhadas, aos improvisos, até às indecisões ou inseguranças.

Mas houve essencialmente Partilha.

Partilha de um sentimento que nos unia a todos.

O Amor aos nossos filhos e mostrar-lhes que a nossa exposição no palco era só um sinal de que a vida é para ser levada a "brincar".

Que ali naquele momento, não era a Mãe chata que só diz não, que está encostada ao fogão ou à banca da loiça, nem o Pai que não larga a Tv ou o Smartphone...não, ali estavam pessoas que querem descontrair deste ritmo de vida alucinante e brincar ao faz de conta.

Fizemos uma peça de "teatro" onde o Pai Natal se lamenta por não ter nunca recebido presentes e no final acaba com a casa cheia de amigos que lhe trouxeram presentes, mas principalmente vontade de estar com Ele.

Os intervenientes foram:

O Barrigudo mais fofinho de sempre, o nosso querido Pai Natal.

Um Duende super trabalhador.

Eu fiz de Capuchinho Vermelho.

Tivemos as VIP, as manas da Cindy (a Cinderela).

O João Ratão.

A Ana, irmã da Elsa (Frozen).

Uma Carica, prima da Pipa.

O Lobo Mau.

A Minnie.

A Gata Borralheira.

Até uma enfermeira, que trata da Dona Natalina.

E por fim uma "criança".

 

Não foi Perfeito, mas foi Principalmente Muito Divertido (para nós, pelo menos).

O trabalho do Pai Natal foi ENORME, pois teve que interagir com todos os personagens.

Bravo Joaquim!

À Cláudia um Obrigada por nos ter arranjado a peça que tanto nos divertiu.

O texto era actual, falava da realidade que vivemos hoje em dia, do consumo e do desperdíco excessivo. Falava também que o Pai Natal devia se preocupar mais com a sua alimentação e praticar um pouco de exercício.

Adorei a experiência e claro que quero repetir!!!

 

Deixo-vos duas fotos dos bastidores: 

 

DSC_0233.JPG

 

 

DSC_0232.JPG

 

  Com tantos nervos à mistura não conseguimos uma foto com o grupo completo  Na foto de inicio do Post falta a nossa Duende, que já andava no Palco, para organizar o nosso cenário!

 

Bravo!

Dia de muito choro por essas creches/escolas "afora"...

creche.jpg

 Daqui fala a Osa, mas qual delas...

 

Já ontem se liam comentários e mais comentários sobre o primeiro dia de escola/creche dos "pequenos"...

Sofremos muito por antecipação, possa!!!

Para muitos o primeiro dos primeiros, para outros o primeiro dia após o período das belas férias...

Eu para "escapar" a esse flagelo já levei a princesa na sexta feira, para poder ser um pouco mais fácil.

Ela apenas mudou de sala, a educadora e a auxiliar continuam as mesmas, Yeah 

Disse-me "...Embora..." mal entramos na recepção  "ratita da mãe pah" 

Chorou, na sexta e hoje.

Mas aquele choro de miminho, nada mais.

Aquele choro em que no minuto depois já parou.

Mas ao sair da instituição dava para ouvir vários tipos de choro...e alguns Pais um pouco "entalados" com a despedida dos seus rebentos!

 

Mas hoje só ansiava ouvir um choro.

Um choro novo.

Já ouvi, mas ainda não o vi pessoalmente.

Bem-vindo meu Príncipe Afonso 

4 de Setembro já está para sempre no meu calendário!

 

 

P.S - Imagem retirada da net.

 

Uma diversão diferente

IMG_20170724_111133.jpg

 Daqui fala a Osa, mas qual delas...

 A foto mostra já o espaço a ser desconstruído.

Mas nos últimos 23 dias (foto tirada ontem), este local fez as delicias de muitos miúdos.

E até de alguns graúdos.

Para mim foi novidade a ida quase diária até lá!

Ao "Parqui" dizia ela com um sorriso de orelha a orelha 

Como resistir a tanto entusiasmo???

Foi muito bom assistir de longe (mas sempre com os dois olhos em cima) às brincadeiras que ela tinha naquele parque fechado e improvisado para servir de diversão aos mais pequenos. Só era permitida a entrada de crianças que tinham entre os 2 e os 5 anos.

(Eu sei que a minha pipoca ainda tem só 20 meses, mas já passa bem por uma criança de 2 anos)

É que nos insufláveis ela ainda não pode entrar!

E ela foi tão, mas tão feliz naquele "parqui".

Passei lá a maior parte do tempo que estive no Agitágueda.

Podia estar a socializar, podia, mas terei muito tempo quando ela estiver mais crescida.

Agora neste momento, estou a curtir a "curtição" dela.

Ver a interacção dela com outras crianças, as reacções de quando eles não faziam o que ela queria e a carinha de espanto dela quando reconhecia uma ou outra criança da creche dela.

Que delicia!

Mas este sitio foi também "palco" de grandes birras...quando a "hora do recreio" acabava e os Pais diziam que era hora de ir embora!

Temos que ser firmes.

Ela veio quase sempre de boa vontade, graças a Deus!

 

Outra "perdição dela eram os balões (mas sem fitas).

Ela consegui ver nos meio de tantos o Panda.

Todos os dias eu olhava para os balões e Minies e Mickeys haviam muitos, mas Panda era só um.

Ela ADORA o Panda e conseguia ver o único balão em forma de "Paunda" (como ela diz). 

No último dia, lá levamos o Panda connosco para casa.

Os avós cederam ao desejo dela, já que andou quase todos os dias a pedi-lo...

Agora o balão vive no tecto lá de casa, olha que lindo 

IMG_20170725_091533.jpg

 

Da teoria à prática

14937268_10211696651358414_5487912834935541_n.jpg

 

Daqui fala a Osa, mas qual delas...

 

Estamos habituados a dizer aos outros que devem "fazer isto e aquilo".

Que tudo é fácil.

Lembram-se do Post em que falei que tinha planos a dois para breve?

Pois é, aconteceu no fim-de-semana.

Yeah.

 

A saída escolhida foi ir ver o espectáculo "Deixem o Pimba em Paz".

Desde que soube disto, para aí a uns 3 anos, que sempre quis ver, por isso quando soube que iriam estar aqui perto comprei os bilhetes.

Mesmo sem saber se teria coragem para ir.

Comprei e pronto.

O "pior" que poderia acontecer era ter de oferecer os bilhetes a alguém.

Mas não foi preciso.

Fomos mesmo!

E foi Muito bom, mesmo estando apenas 90% de nós no espectáculo.

Não podíamos evitar, telemóveis sempre à mão e coração a bater mais forte.

 

Mas à parte disso, quero dizer e recomendar a quem quiser e puder, que Adoramos o concerto.

Meu Deus, que maravilha.

Aquele Bruno Nogueira é Máximo!!!

E a voz da Manuela Azevedo...ela canta nas horas, mesmo sendo um "...Sensual, és tão sensual..."!

Já era super fã dela, mas agora estou encantada, que vozeirão!

Bravo.

 

Eu já tinha um pouco de noção do que seria, mas confesso que me Surpreenderam Muito.

Músicas que tiveram uma "roupagem" tão boa, tão boa que me tiveram quase a 99% em certos momentos!

Transformar " A Cabritinha" do Quim Barreiros numa balada tem muito que se lhe diga...

 

O final foi também uma surpresa.

Não é que eles voltaram a cantar mais duas vezes depois de terem saído do palco.

Confesso que na segunda vez eu só queria que terminasse, porque aí já só me tinham aí a uns 40% ( se tanto).

Lembro-me de olhar para as portas e elas continuavam fechadas e por momentos, vá segundos, eu comecei a ter uns calores frios...

Meu Deus que loucura esta cabeça!

 

Mas o que importa é que passamos um belo serão e que esta foi mais uma etapa na nossa vida a 3.

 

P.S - Foto tirada por Ele, uma prova que estivemos lá!