Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog da Osa

Não sou Curiosa (muito), Ambiciosa, e muito menos Invejosa. Mas por outro lado sou Ansiosa, Medrosa ( embora eu costuma dizer, medricas), Gulosa (q.b.), Ruidosa (MUITO), enfim, e ainda há quem me ache Fabulosa ou Maravilhosa :)

Blog da Osa

Não sou Curiosa (muito), Ambiciosa, e muito menos Invejosa. Mas por outro lado sou Ansiosa, Medrosa ( embora eu costuma dizer, medricas), Gulosa (q.b.), Ruidosa (MUITO), enfim, e ainda há quem me ache Fabulosa ou Maravilhosa :)

2018...estes últimos dias...

chupeta.jpg

Daqui fala a Osa, mas qual delas...

 

Quando te dizem:

"Escolhe bem as tuas batalhas"

Tu pensas que é só treta, ou que é letra de alguma canção.

Só que não 

#sqn (como dizem os cool do pedaço ).

Eu meio que estou numa batalha que comecei sem querer.

Bem, para ser sincera foi meio meio.

Metade foi por querer e a outra metade foi quase por acidente.

Na passada quinta feira deixei a mochila da Pipoca na escola.

Tudo bem até aqui.

NÂOOOOOOO

As 3 chupetas existentes cá em casa estavam lá.

Nunca antes tinha acontecido.

As chupetas nunca tinham estado todas na mochila, nem eu nunca tinha deixado a mochila na escola, nestes quase dois anos de creche.

(podemos dizer que foram os astros que se alinharam)

Quando dei pelo "acontecido" eram quase 20 horas.

Confesso que durante 2 a 3 minutos estive a pontos de arrancar cabelos.

Dos meus, atenção!

Mas respirei e pensei para mim mesma:

"Calma, a Osa é EngenhOsa e isto vai-se resolver"

Ir comprar chupetas novas não estava na equação e já há algum tempo que eu queria que Ela deixasse a chupeta.

Paciência e miminho iria ter que ser suficiente.

E realmente nesse dia até chegou...houve algum choro na hora de dormir, mas nada que o cansaço do final de dia não vencesse!

Como ela dormiu sem problemas aquela noite, vi a oportunidade para fazermos o "desmame" da chupeta!

Os dias que se seguiram (até hoje) têm sido autênticos campos de batalha iminentes...com picos de choro, birras e mais birras!

Nem sei o que fazer!

Se continuo esta "luta" ou se cedo aos pedidos do Meu Amor Maior...

E não, não preciso de nenhuma Nanny para me ajudar, o colinho da minha rica mãe já me bastava!

Sabem o que vos digo:

 

Temos que saber escolher bem as batalhas que decidimos travar.

(as que estão ao nosso alcance, claro)

 

Oh God, make me good, but not yet

 

Alguma dica desse lado?

 

 

2018...Dia 27 ou "A magia de ser criança"

elefante.jpg

 

Daqui fala a Osa, mas qual delas...

O titulo poderia ser também " A magia constante na maternidade"

Que é mais que justo.

Vida de Mãe (e Pai claro) é cheia de magia.

Aliás agora estou segura para afirmar o seguinte:

"as Mães são as Maiores e Melhores Mágicas do Mundo"

Não há truques na Maternidade.

Elas conseguem "deitar lume pelos olhos" a ponto de fuzilar algo ou alguém e no mesmo segundo (sim, segundo) os mesmos olhos mostrarem a maior ternura que há no mundo.

Passo a explicar, Ela riscou algo que não devia, e com caneta mas disse que era um Elefante...vou eu toda furiosa ver a sua "obra de arte" e deparo-me com uns rabiscos que realmente parecem a cabeça de um elefante e sou desarmada automaticamente.

Ela tem 2 anos e claro que são os meus olhos de mãe babada.

Mas vejam na imagem em baixo num ângulo diferente. 

 

IMG_20180127_112650_537.jpg

 

Se isto não é Magia, então a Magia não existe.

 

Nota: sim, este Post é de sábado,  quando este incidente aconteceu, mas o Tempo não tem esticado 😏😏😏

A festa de Natal da creche - Parte Adultos

FB_IMG_1513697270527.jpg

  

Daqui fala a Osa, mas qual delas...

 

Na sexta feira passada houve a festa de Natal da creche da minha filha.

E a parte dela eu vi do principio ao fim, com o entusiasmo de qualquer mãe babada

Confesso que também vi a seguinte actuação, pois estava lá a minha sobrinha, tão linda a cantar 

Mas depois disto confesso que não vi, nem ouvi mais nenhuma actuação.

E foram 10 no total.

Melhor, foram nove actuações das crianças que frequentam a instituição e mais uma actuação protagonizada por adultos.

Adultos esses que eram Pais.

Eu era um deles.

Éramos 13 mães/pais que se uniram para entreter um público bem difícil, as crianças!

Para tal acontecer, foram precisas 7 reuniões/ensaios.

Que tiveram um pouco de tudo.

Desde os nervos, às gargalhadas, aos improvisos, até às indecisões ou inseguranças.

Mas houve essencialmente Partilha.

Partilha de um sentimento que nos unia a todos.

O Amor aos nossos filhos e mostrar-lhes que a nossa exposição no palco era só um sinal de que a vida é para ser levada a "brincar".

Que ali naquele momento, não era a Mãe chata que só diz não, que está encostada ao fogão ou à banca da loiça, nem o Pai que não larga a Tv ou o Smartphone...não, ali estavam pessoas que querem descontrair deste ritmo de vida alucinante e brincar ao faz de conta.

Fizemos uma peça de "teatro" onde o Pai Natal se lamenta por não ter nunca recebido presentes e no final acaba com a casa cheia de amigos que lhe trouxeram presentes, mas principalmente vontade de estar com Ele.

Os intervenientes foram:

O Barrigudo mais fofinho de sempre, o nosso querido Pai Natal.

Um Duende super trabalhador.

Eu fiz de Capuchinho Vermelho.

Tivemos as VIP, as manas da Cindy (a Cinderela).

O João Ratão.

A Ana, irmã da Elsa (Frozen).

Uma Carica, prima da Pipa.

O Lobo Mau.

A Minnie.

A Gata Borralheira.

Até uma enfermeira, que trata da Dona Natalina.

E por fim uma "criança".

 

Não foi Perfeito, mas foi Principalmente Muito Divertido (para nós, pelo menos).

O trabalho do Pai Natal foi ENORME, pois teve que interagir com todos os personagens.

Bravo Joaquim!

À Cláudia um Obrigada por nos ter arranjado a peça que tanto nos divertiu.

O texto era actual, falava da realidade que vivemos hoje em dia, do consumo e do desperdíco excessivo. Falava também que o Pai Natal devia se preocupar mais com a sua alimentação e praticar um pouco de exercício.

Adorei a experiência e claro que quero repetir!!!

 

Deixo-vos duas fotos dos bastidores: 

 

DSC_0233.JPG

 

 

DSC_0232.JPG

 

  Com tantos nervos à mistura não conseguimos uma foto com o grupo completo  Na foto de inicio do Post falta a nossa Duende, que já andava no Palco, para organizar o nosso cenário!

 

Bravo!

O Nosso Calendário do Advento

cal_advento.JPG

 

 Daqui fala a Osa, mas qual delas...

 

Eu Nunca tive um Calendário do Advento.

Provavelmente já comi um ou outro chocolate de calendários de outras pessoas, mas um só para mim, Nunquinha!

E sempre "cobiçei" um, confesso.

Tanto que ao ter a minha filhota, decidi começar esta tradição com Ela.

Mas este ano foi a primeira vez, agora com dois anos já consegue ter um pouco de noção de toda a magia que há nesta época.

E sendo assim, continuo sem ter um para mim.

Mas deixa-me tão, mas tão feliz ao ver a reacção dela sempre que vê que já tem lá o presente da fada, que me passa logo a vontade de ter um só para mim.

Hoje sou feliz por estar a construir um para Ela.

 

Confesso também que não me "aprofundei" sobre o tema e decidi dizer que é uma Fada que passa todos os dias lá em casa e vai deixando um presente por dia.

Não caí na tentação (ou erro) de comprar aqueles calendários que já vêm com os presentes dentro, comprei um que me apaixonei numa loja que conheci em Novembro no Porto, a Muy Mucho.

[coisas tão lindas e bastante acessíveis]

É o da imagem no inicio do Post.

Tem uma espécie de 24 saquinhos para colocarmos o que quisermos.

A minha ideia é de "ir contra" ao que se faz muito por estas alturas, encher os miúdos de açúcar.

Nem sempre cumpro essa "máxima", mas tento.

Tenho colocado uma barrita kinder, uma embalagem de queijo da vaca que ri com palitos, houve um dia que caí no erro de colocar uma bengalinha tipica de Natal, cheia de açúcar e que a deixou pegajOsa (ou peganhenta) e tudo o que tocava ficava logo tudo colado...nehccc

Logo que tive oportunidade, tirei-lhe e deitei ao lixo.

Risquei esse da minha lista.

Quero ainda nos dias que nos restam colocar umas espécies de miniaturas de brinquedos ( mas muito pequenas não porque ela ainda mete coisas na boca ) ou mini histórias que ela já tem e adora.

[vi ontem que o panda tem mais mini livros, diferentes do que ela já tem, vou passar no quiosque]

Ontem cometi uma loucura e coloquei um Kinder Delice, o meu chocolate favorito da Kinder, para ver a reacção dela.

Ela não é muito chegada ao chocolate [Para já!!!], abriu e disse "chocolate" com um ar nada satisfeito e foi deixando bocado aqui, bocado ali...a mãe ia aspirando tudo, sem aspirador se é que me entendem.

No final deve ter comido para aí metade e a mãe outra metade!!

[Confirma-se, ADORO o Delice]

E estou a Adorar "viver" este momento de partilha com Ela.

 

E por esse lado, também "constroem" o vosso calendário ou já compram feito?

 

Feliz Natal 

 

 

Chegou o dia #2

giphy.gif

 

Daqui fala a Osa, mas qual delas... 

 

Tardou mas chegou!

Eu confesso que sempre temi que este dia chegasse.

Mas tinha a certeza que haveria de chegar.

O aviso estava na mochila, mas fui "avisada"  ainda antes de o ler.

O medo tomou conta de mim.

Hoje ao contar-vos isto ainda sinto o "BAQUE" do choque.

Mas agora resta-me estar atenta e rezar para que a praga dos piolhos e das lêndeas não cheguem cá a casa.

É que a minha Filha tem cabelo fino e a coisa pode-se resolver facilmente...já a mãe, God é uma cabeleira que nunca mais acaba!!!

 

É desta que lhe meto novamente a tesoura...

 

 

P.S - Imagem retirada da net.

Sobre as férias...Parte, O Filme eleito

Daqui fala a Osa, mas qual delas...

 

Acho que já posso falar das férias sem sentir muita vontade de repetir aqueles dias sem despertador.

Quatorze dias depois parece-me o suficiente para vos contar algumas das peripécias de uns dias cheios de Amor e muito, muito "capricho" da Princesa cá de casa.

Nos últimos dias das férias, só estávamos as duas por casa, o Pai foi trabalhar mais cedo!

Houveram dias que passeámos muito, fiz mais de 10 km e a puxar o carrinho, com Ela dentro, a maior parte das vezes.

Aliás, cheguei a passear as duas, a Princesa e a Lady (a minha cadela).

O carrinho tem um cestinho à medida dela e Ela adora!

(Podem ver ou rever o Post que mostro isso aqui. )

Mas nem sempre o tempo (clima) teve propicio a passeios e tivemos que ficar por casa.

A minha filha tem gostos específicos e não tem problemas em "bater" o pé para mostrar o que realmente quer.

Eu nem sempre tenho energia para "lutar" contra Ela e acabo por ceder.

(mas isso será assunto para um outro Post)

 

Conhecem o filme Moana?

Traduzido acho que é Vaiana, mas só temos visto em Inglês.

Devo ter visto com Ela "para cima" de 50 000 vezes...

Ela quando gosta, é até "esgotar"...quanto mais não seja, esgotar os Pais!!!

O filme é muito bonito, confesso, e as músicas ficam no ouvido...

Isso e uma imagem que aparece já na parte final do filme.

A Te FiTi, que no filme faz de ilha mãe, faz-me lembrar alguém muito conhecido.

Vejam lá se (re)conhecem:

tefiti.jpg

 

Ela, a minha filha, quando a vê chama-lhe a "nina"  e quando ela, a Te Fiti, se deita, Ela diz "vai mir" (tradução: vai dormir) tão perspicaz a minha Princesa!!!

Já sabe praticamente de cor todo o filme, mas vê quase sempre como se fosse a primeira vez, sempre reparando em mais um ou outro pormenor.

 

Com esta "lengalenga toda" já descobriram de quem falo?

 Pronto, pronto a Osa ajuda...

beyonce-gravida-gemeos (1).jpg

 ...tirando o véu é igualzinho, desculpem lá!!!

 

E pronto, foi o primeiro de alguns episódios vividos em dias sem despertador.

Mas para lhes darmos o devido valor temos que "penar".

Por isso vamos com tudo pessoal!

 

P.S -  Imagens retiradas da net.

 

Dia de muito choro por essas creches/escolas "afora"...

creche.jpg

 Daqui fala a Osa, mas qual delas...

 

Já ontem se liam comentários e mais comentários sobre o primeiro dia de escola/creche dos "pequenos"...

Sofremos muito por antecipação, possa!!!

Para muitos o primeiro dos primeiros, para outros o primeiro dia após o período das belas férias...

Eu para "escapar" a esse flagelo já levei a princesa na sexta feira, para poder ser um pouco mais fácil.

Ela apenas mudou de sala, a educadora e a auxiliar continuam as mesmas, Yeah 

Disse-me "...Embora..." mal entramos na recepção  "ratita da mãe pah" 

Chorou, na sexta e hoje.

Mas aquele choro de miminho, nada mais.

Aquele choro em que no minuto depois já parou.

Mas ao sair da instituição dava para ouvir vários tipos de choro...e alguns Pais um pouco "entalados" com a despedida dos seus rebentos!

 

Mas hoje só ansiava ouvir um choro.

Um choro novo.

Já ouvi, mas ainda não o vi pessoalmente.

Bem-vindo meu Príncipe Afonso 

4 de Setembro já está para sempre no meu calendário!

 

 

P.S - Imagem retirada da net.

 

Uma diversão diferente

IMG_20170724_111133.jpg

 Daqui fala a Osa, mas qual delas...

 A foto mostra já o espaço a ser desconstruído.

Mas nos últimos 23 dias (foto tirada ontem), este local fez as delicias de muitos miúdos.

E até de alguns graúdos.

Para mim foi novidade a ida quase diária até lá!

Ao "Parqui" dizia ela com um sorriso de orelha a orelha 

Como resistir a tanto entusiasmo???

Foi muito bom assistir de longe (mas sempre com os dois olhos em cima) às brincadeiras que ela tinha naquele parque fechado e improvisado para servir de diversão aos mais pequenos. Só era permitida a entrada de crianças que tinham entre os 2 e os 5 anos.

(Eu sei que a minha pipoca ainda tem só 20 meses, mas já passa bem por uma criança de 2 anos)

É que nos insufláveis ela ainda não pode entrar!

E ela foi tão, mas tão feliz naquele "parqui".

Passei lá a maior parte do tempo que estive no Agitágueda.

Podia estar a socializar, podia, mas terei muito tempo quando ela estiver mais crescida.

Agora neste momento, estou a curtir a "curtição" dela.

Ver a interacção dela com outras crianças, as reacções de quando eles não faziam o que ela queria e a carinha de espanto dela quando reconhecia uma ou outra criança da creche dela.

Que delicia!

Mas este sitio foi também "palco" de grandes birras...quando a "hora do recreio" acabava e os Pais diziam que era hora de ir embora!

Temos que ser firmes.

Ela veio quase sempre de boa vontade, graças a Deus!

 

Outra "perdição dela eram os balões (mas sem fitas).

Ela consegui ver nos meio de tantos o Panda.

Todos os dias eu olhava para os balões e Minies e Mickeys haviam muitos, mas Panda era só um.

Ela ADORA o Panda e conseguia ver o único balão em forma de "Paunda" (como ela diz). 

No último dia, lá levamos o Panda connosco para casa.

Os avós cederam ao desejo dela, já que andou quase todos os dias a pedi-lo...

Agora o balão vive no tecto lá de casa, olha que lindo 

IMG_20170725_091533.jpg

 

Chegou o dia...

Daqui fala a Osa, mas qual delas...

 

Passamos a vida inteira a tentar antecipar o futuro.

A prever situações e possíveis soluções para quando as coisas não correm tão bem.

Eu confesso que por vezes sofro um pouco por antecipação.

Sou do tipo:

" Ai se me acontecesse isso eu morria...!"

Sim sou super dramática!!!

 

Pronto, ontem aconteceu uma das coisas que mais temia desde o momento em que a minha pipoca ainda morava na minha barriguinha.

Eu tenho uma cadela em casa.

E ela como todo o ser vivo come a sua comidinha.

Normalmente dou-lhe a ração seca.

E como é de conhecimento geral ela como todos da sua raça, tem a sua comida ao nível dos nosso pés.

Ou seja, muito apelativo a crianças irrequietas e curiosas.

Nós como adultos responsáveis, temos que antecipar essas investidas.

Tem corrido tudo bem, só com a garota a molhar as mãos de vez em quando na água da cadela.

Mas ontem aconteceu o que eu temia.

Ela conseguiu-me iludir e comeu um pedaço da ração.

Eu só consegui perceber quando ela já tinha comido mais de 80 % do pedaço.

Eu vejo uma coisa escura entre os dentes e a cara de safada dela não deixava espaço para dúvidas...

Tentei tirar o que restava, mas quase que levei uma forte mordida.

E a cara de satisfação dela fez com que eu desse uma gargalhada como já não dava a algum tempo.

 

Se me perguntassem antes de ontem como seria a minha reação a esta situação, jamais conseguiria dizer que seria esta.

Por isso, resta-me aprender com este episódio e perceber que sofrer por antecipação só causa rugas.

rir.jpg

 

 

Bom fim de semana 

 

 

P.S - Imagem retirada da net.

 

 

Dia dos Irmãos, visto por uma mãe

forca-na-peruca.jpg

 

Daqui fala a Osa, mas qual delas...

 

Mais uma semana a começar.

Desta feita a semana que antecede a Páscoa.

Acaba-se a quaresma!

Vêem-se procissões, rituais cristãos e outros nem tanto...

Dez dias de Abril e já vamos tendo dias de calor que faz lembrar o tão desejado Verão!

Mas hoje é também o Dia que se festeja o Dia dos Irmãos.

E não, não me vou pôr aqui a falar dos meus, pois já escrevi neste Post há dois anos atrás, espreitem lá a baba toda que deixei por lá!

Eu AMO-OS 

 

Hoje venho falar de irmãos, mas noutra perspectiva.

Vou falar como mãe de uma filha que pode ou não ter irmãos.

Quando tens uma relação considerada séria começam logo a sussurrar-te aos ouvidos "quando é que tens um filho".

E se tens 30 anos ou mais ainda é pior!

Pronto, depois lá vem o dia em "lhes fazes a vontade", salvo seja  e és mãe!

Começa então um novo sussurro.

"quando é que lhe dás um irmão?"

Oh God que ninguém aguenta!!!

Anyway...

 

Eu sou da opinião que o melhor presente que se dá a um filho é um Irmão.

Mas agora que sou mãe (recente ainda), não mudei de opinião, mas olho para essa possibilidade com outros olhos.

A situação actual do Mundo não é animadora.

Eu sei, estou a ser demasiado pessimista!!!

Mas também há outros factores, a idade, o emprego, os incentivos à natalidade são praticamente nulos...e por aí em diante!

Sei que nada é linear e que se deve viver um dia de cada vez, com os pés bem assentes no chão e o resto...bem o resto é uma incógnita!

Vamos aguardar então por novos capítulos!

 

 

P.S - Imagem retirada da net.