Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog da Osa

Não sou Curiosa (muito), Ambiciosa, e muito menos Invejosa. Mas por outro lado sou Ansiosa, Medrosa ( embora eu costuma dizer, medricas), Gulosa (q.b.), Ruidosa (MUITO), enfim, e ainda há quem me ache Fabulosa ou Maravilhosa :)

Blog da Osa

Não sou Curiosa (muito), Ambiciosa, e muito menos Invejosa. Mas por outro lado sou Ansiosa, Medrosa ( embora eu costuma dizer, medricas), Gulosa (q.b.), Ruidosa (MUITO), enfim, e ainda há quem me ache Fabulosa ou Maravilhosa :)

Dois anos de Amor Maior

DSC_0432.JPG

 

Daqui fala a Osa, mas qual delas...

 

Filha,

 

há dois anos atrás Eu e o Teu Pai só acordamos com o despertador.

Hoje não foi preciso.

Antes das 7h da matina já a nossa cadela tinha vindo à rua fazer as suas necessidades.

Culpamos a mudança de horário.

Mas tu não estranhaste nada disso.

Eram quase 8h quando acordaste.

 

Meu Amor sabes que hoje Fazes anos?

Não, mas vamos fazer questão de te mostrar mais logo que hoje é o Teu dia Meu Amor.

 

Inês,

 

hoje faz dois anos que eu Te conheci

Meu Amor Maior.

Não foi o dia que eu Te a comecei a Amar, pois isso foi 9 meses antes (mais coisa menos coisa).

Sim, comecei a Amar-Te no mesmo segundo que desconfiei que serias já uma sementinha dentro de mim prontinha a crescer.

Ainda não haviam certezas, mas eu já sabia, Tu já eras parte de mim.

 

Dois anos se passaram, voaram para ser sincera, e muita coisa mudou.

Eu passei a ser Mãe, a Mãe da Inês  e Ele passou a ser o Pai da Inês, como tu já dizes.

Já sabes fazer essa ligação.

Já sabes muito bem chamar pela Mãe e pelo Pai.

Aliás a seguir à palavra "Não", são as palavras que me melhor se percebe.

É filha, ainda falas muito "chinês ou japonês" ...mas a mãe sabe SEMPRE, SEMPRE o que tu queres dizer.

Também já sabes dizer "na quero".

E finalmente já verbalizas o "sim ou uma espécie de Xi".

 

Já sabes que quando vamos para o carro verde*** (tu dizes "Vede") é quase sinónimo de dia de folga da escolinha e os teus olhos brilham.

Também já sabes que quando vamos de carrinho e viramos para a esquerda na primeira esquina é sinal de que não vamos para a escolinha.

Ficas eufórica.

E nisso és igual a mim.

Expressas para o bem e para o mal de forma bem efusiva e para toda a gente ouvir!!!

 

Já reconheces o simbolo do nosso grande Porto, para desgosto dos teus avôs😂😂😂

E vibras quando gritamos Golooooooooo

Que maravilha. 

 

Já começas a querer ser mais próxima da nossa Big e ela aos poucos,  muito pouco, vai deixando.

Já sabes imitar o Leão🦁🦁🦁🦁

 

  Mas nem tudo é cor de rosa e também já tivemos direito a coisas menos boas durante estes dois anos.

Nada de grave, mas que fazem minutos parecerem horas.

O que mais me tira do sério são sem dúvida as tuas birras.

Fazes em qualquer lado.

Passo- me vom isso, mas Tu não estás nem aí. 

Por isso as palmadas que apanhas são resultado dessa tua faceta tão vincada (aka Rodrigues).

 

Por tudo isto e muito mais, sim, haveria muito mais para dizer, Obrigada Filha por me mostrares todos os dias que eu posso ser melhor e pior no mesmo minuto 😂🤣🤣😂😂😣😣😣😣

 

 

Parabéns Inês ❤

Parabéns a mim❤

Parabéns ao Pai❤

 

 

 

Dez Anos de Águeda

FB_IMG_1508858123707.jpg

 

Daqui fala a Osa, mas qual delas...

 

 

Águeda é uma cidade do Distrito de Aveiro, caso haja alguém que não conheça.

Duvido, Águeda está na boca do mundo!!!

Eu confesso que há dez anos atrás só tinha uma vaga ideia desta cidade.

Não foi mau o nosso primeiro encontro, mas foi uma espécie de " Olá, comer, dormir, comer e Adeus "!

Foi quando me aventurei na peregrinação a Fátima.

Uma das nossas paragens foi cá.

Dormimos na Residencial Celeste e jantamos no  Restaurante Ribeirinho.

À residencial ainda não voltei mais, mas já comi bastantes vezes no restaurante.

Confesso que não reconheci à primeira o restaurante, aliás organizei lá jantares de curso e acho que só quando lá entrei à terceira é que percebi que tinha sido ali que nos tínhamos "abastecido" para mais uma caminhada dura.

 

Este Outubro de 2017 tem nos brindado de tudo um pouco.

Nem tudo bom (aliás, muito mau), mas temos que seguir em frente.

A ESTGA festejou o seu 20º aniversário e eu comemoro 10 anos de Águeda.

Tive pena de não estar presente nos festejos, que decorreram na altura do feriado 5 de Outubro, mas tive direito a umas mini-férias no miminho dos meus.

Moro muito perto dela, actualmente, mais, da minha varanda traseira vejo-a.

Foi lá que O conheci.

Obrigada ESTGA 

 

Mas Águeda foi mais que uma escola.

Foi a cidade que me deu o Amor.

O Amor por Ele e com isso o nosso AMOR MAIOR.

 

Mas como nem só deste Amor é que o humano precisa, também Águeda me deu bons Amigos.

Aliás a "minha pessoa" foi-me apresentada aqui.

Minha Osa

Pedi-lhe para recuar 10 anos, diz Ela:

 

" Em Outubro de 2007 estava em Águeda no segundo ano da universidade. Foi exactamente em Outubro que te conheci(...) numa praxe (...) e te achei super arrogante...foi preciso pouco tempo para perceber que estava errada (...) um dos milhares momentos foi na minha última queima,em que nós decidimos fazer entrevistas aos meninos giros. O mais hilariante, foi ao vir do Kuecs todas felizes e contentes como de costume e ao virar da esquina tiramos uma foto e do "nada" vem a policia atrás de nós***. Estava aqui dias seguidos a recordar os nossos momentos."

By Sílvia Dias Pereira

 

A Águeda que eu conheci há dez anos já não existe.

Eu fiquei muito assustada no inicio, confesso.

Era uma cidade deserta, sem brilho nem Vida.

Mas os anos foram passando e eu fui-me adaptando.

Vi a cidade mudar de ano para ano, para melhor.

Vi gente a chegar e outros a irem-se embora.

Vejo os turistas curiosos a quererem registar todas as cores que os guarda-chuva coloridos oferecem e todos os recantos pela cidade que ano após ano vão ganhando Cor e VIDA.

Ainda hoje fui abordada por um casal de espanhóis para os ajudar a encontrar a rua dos chapéus.

Mostraram-me uma foto que aparecia uma das ruas.

Triste, disse-lhes que já não haviam os chapéus, que só estão nos meses Junho(fim), Julho, Agosto, Setembro e talvez nos primeiros dias de Outubro.

Eles "desiludidos" perguntaram e o banco (aparecia na imagem).

O banco de jardim que como todos os outros espalhados pelas ruas pedonais estão pintados, com desenhos ou simplesmente com muitas cores, ganhando vida e conquistando todos os que por eles passam.

Eu sorri e disse-lhes que sim, seguindo a rua podiam encontrar os bancos e mais coisas coloridas para verem. Os candeeiros espalhados pelas mesmas ruas também estão cheios de cor, assim como algumas escadas pela cidade.

Só não haviam mesmo os chapéus.

Para o ano eles voltam.

 

Águeda para além da nova família que ganhei também me vai mostrando pessoas que quero levar para a minha vida.

O desporto tem sido um dos principais "motivos" para eu conhecer muita gente e lá no meio tenho ficado com os melhores na minha jornada

 

Por isto e muito mais que há para vir, eu sei que vamos continuar a ser Felizes!

Obrigada Águeda  

 

***uma peripécia para contar um dia destes, prometo!

 

P.S -  Teria muitas fotos para mostrar desta minha década cá, mas esta foi do terceiro ano e esse foi o ANO 

 

 

 

Licença para ser MelOsa

IMG_20170908_164807.JPG

 

Daqui fala a Osa, mas qual delas...

 

 

Costumamos dizer que a vida é demasiado curta para não dizermos o quanto amamos as nossas pessoas.

Por isso a Osa hoje não se vai conter e vai deixar o Amor que Ela tem fluir pelos dedos no teclado.

 

Hoje faz 7 anos que decidimos embarcar nesta loucura que é Amar e ser Amado.

Não me lembro de termos verbalizado em momento nenhum, apenas um olhar bastou para perceber que já estava, não havia volta a dar.

Já estávamos nas entranhas daquele sentimento que toda a gente anseia, o Amor!

Que abençoados nós somos, há gente que vive uma vida inteira (por vezes curta demais) e nunca Amou ou foi Amado.

 

Eu apaixono-me por Ele todos os dias.

Nem que no segundo seguinte eu esteja à beira de arrancar todos os cabelos por Ele não tirar o rabo do sofá.

Aquela velha máxima não é só teoria: "Amo-te mesmo quando te odeio."

Mas agora Ele tem ainda mais uma qualidade.

Além de Amigo, Namorado, Amante, Companheiro para tudo e mais alguma coisa, Ele agora é também um Pai maravilhoso.

O Pai da minha Filha!

E se dúvidas houvessem, é vê-los aos dois colados à televisão, ficam lá no mundinho só deles!!!

 

Não foi a 8 de Setembro de 2010 que me apaixonei por Ele, foi bem antes, mas também não sei quando é que aconteceu.

Não me lembro de como é que  começou o jogo, quando dei por mim já o estava a jogar.

Mas lembro-me de uma coisa, a primeira vez que O vi.

Aquele nosso olhar foi tão intenso que sinto uma espécie de "friozinho na barriga" de ter achado aquele menino "giro todos os dias".

 Passaram-se meses para eu perceber o que a vida tinha reservado para mim.

Aliás, acho que foi preciso "alguém" que não nos conhecia aos dois me dizer o que estava bem à frente dos meus olhos e eu não queria ver.

Que aquele sentimento bom que teimava em não me abandonar era Amor para a vida toda.

(qualquer semelhança com a música da Carolina é pura coincidência )

Foi a medo, muito medo que tudo começou, mas quando começou fomos com tudo.

Somos uma equipa, em tudo!

Dois anos depois aumentamos a família com a chegada da nossa cadela.

Cinco anos depois o nosso Amor Maior chegou para baralhar tudo e aumentar ainda mais o Amor lá por casa.

Se tenho algo para Lhe dizer?

Sim tenho.

OBRIGADA Amor.

 

Amo-te mais 

 

 

Nota: A Osa desde que nasceu teve sempre a partilha muito presente na sua vida. Por isso o dia 8 de Setembro também não é excepção, quis o destino que a nossa cadela nascesse no dia 8 de Setembro de 2012, celebrando hoje 5 anos (humanos), mas na realidade são 33 anos (Mário José são da mesma idade ) por ser uma cadela de porte pequeno, pesa menos de 10 kg.

Por isso cá em casa hoje é festa dupla, a celebração da vida da nossa Big e a celebração do Amor, o nosso Amor.

 

 

O meu Dia, que nunca foi só meu...

partilha.jpg

 

Daqui fala a Osa, mas qual delas...

 

...pois quando eu nasci já o meu Primo Arsénio completava dois anos de idade, ou como diz o meu pai:

"Já comia pão com côdea! "

Desde sempre partilhei o 4 de Fevereiro.

(E ao longo dos anos, fui conhecendo várias pessoas que também nasceram nesse dia, incluindo um Professor "assustador")

 

Por isso a vida foi-me mostrada assim, a PARTILHAR!

Depois tive dois irmãos, por isso foi sempre a Partilhar.

Não tive como fugir.

E ainda  bem que assim foi.

A vida é feita de Partilha, de momentos, bens e sentimentos.

Para tentar juntar um pouco de tudo, decidi então começar a Partilhar algumas das coisas por aqui.

Em 2015 decidi criar a Osa!

Onde partilho de tudo um pouco.

Digamos que é o meu "Alter Ego".

 

Assim sendo e como estou numa de Partilha, hoje vou partilhar com vocês o Post que escrevi precisamente à dois anos atrás, explicando a Origem do Nome do Blog, para quem quiser Ler ou Reler 

 

P.S - Imagem retirada da net.

Parabéns a dobrar

parabens.jpg

 

Daqui fala a Osa, mas qual delas...

 

São dois Anos de Osa, de Blog da Osa!

Nem acredito.

Mas o tempo foi passando e eu fui gostando cada vez mais de estar por aqui.

Já é passagem quase diária.

E é quase inevitável tropeçar em assuntos banais no dia a dia e não pensar logo num texto para poder partilhar aqui no meu cantinho.

Será doença???

Confesso também que nem sempre publico o que me apetece.

Sou daquelas que penso muito.

Aliás, nem é para isto que o Blog foi criado, foi para me poder divertir (essencialmente isso) e poder descarregar por vezes algumas raivas e frustrações também.

Mas nunca em altura nenhuma colocar temas que possam "melindrar" a minha forma de ser e estar.

 

Ah e aqui a menina, a que escreve, também está de Parabéns, sim senhor, já lá vão 36 anos que aqui a menina nasceu.

E sim, o meu Blog nasceu de uma Auto-Prenda que me ofereci à dois anos atrás.

 

Grata por ter um cantinho neste Mundo digital, obrigada Sapinho ❤ e que fique por cá enquanto valer a pena.

Obrigada!

 

Coincidência, hum...

 

PicsArt_09-08-10.48.45.jpg

 

 

Daqui fala a Osa, mas qual delas...

 

Como alguém disse, e escreveu um livro, não há coincidências! 

Eu cá não sei se as há ou não,  mas que há coisas do caraças, lá isso há. 

 

No dia 8 de Setembro de 2010, começou a aventura deste namoro que quero levar para sempre.

Quis o destino (ou outra coisa qualquer) que no dia 8 de Setembro de 2012 nascesse a nossa Big.

Por isso hoje cá em casa é só motivos para festejar. 

E o que é que decidi fazer para marcar esta data???

Um bolo de bolacha.

Sim esse da imagem.

Feio não é. 

Mas está delicioso!!!!

E porquê bolo de bolacha?!?

Porque a nossa princesa já come bolacha pela própria mão. 

Não,  ela não vai comer bolo.

Mas fica a ideia, ela come a sua bolachinha e nós o bolo.

Ah, e a Big come um biscoito extra!

 

Fica mais uma vez provado que não tenho muito (ou quase nenhum) jeito para bolos!!

Damn it!!!

 

Enfim, Parabéns a nós e que venham muitos mais!