Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog da Osa

Não sou Curiosa (muito), Ambiciosa, e muito menos Invejosa. Mas por outro lado sou Ansiosa, Medrosa ( embora eu costuma dizer, medricas), Gulosa (q.b.), Ruidosa (MUITO), enfim, e ainda há quem me ache Fabulosa ou Maravilhosa :)

Blog da Osa

Não sou Curiosa (muito), Ambiciosa, e muito menos Invejosa. Mas por outro lado sou Ansiosa, Medrosa ( embora eu costuma dizer, medricas), Gulosa (q.b.), Ruidosa (MUITO), enfim, e ainda há quem me ache Fabulosa ou Maravilhosa :)

Sweet November

Daqui fala a Osa, mas qual delas...

 

Eis que chegou o frio e consigo veio também a chuva.

A tão pedida Chuva!

 

Novembro, mês que antecede o mês de Natal.

Mas já não faltam por aí enfeites do belo Christmas 

 

Não digam a ninguém, mas hoje já vi "O Gordo" (ou partes D'Ele) do costume a passar na minha frente.

Por isso Ele volta este ano.

 

Bom fim de semana 

 

 

Bye Bye Outubro

Daqui fala a Osa, mas qual delas...

 

 

Com o mês a acabar está aí o dia das bruxas.

E está aí para "dar e vender"...vender e muito!!!

A Osa ainda não embarcou nessa onda de "bruxarias" este ano, porque a Pipoca ainda não pediu.

E eu não quero nem vou apressar nada.

Cada coisa a seu tempo.

Vou tentar que Ela me peça, para lhe poder incutir que as "coisas não caem no nosso colo" só porque sim.

Acho que queremos fazer tudo a correr e não se vive  cada fase como deve ser.

Eu este ano vou só "gozar" com a minha Pipoca sem adereços nem apetrechos.

 

Outubro Vai Embora e Deixa Entrar o Cinzento de Novembro.

Foi um mês de muitas emoções.

Umas boas e outras muito, muito más.

 

Bom feriado malta!

 

Dois anos de Amor Maior

DSC_0432.JPG

 

Daqui fala a Osa, mas qual delas...

 

Filha,

 

há dois anos atrás Eu e o Teu Pai só acordamos com o despertador.

Hoje não foi preciso.

Antes das 7h da matina já a nossa cadela tinha vindo à rua fazer as suas necessidades.

Culpamos a mudança de horário.

Mas tu não estranhaste nada disso.

Eram quase 8h quando acordaste.

 

Meu Amor sabes que hoje Fazes anos?

Não, mas vamos fazer questão de te mostrar mais logo que hoje é o Teu dia Meu Amor.

 

Inês,

 

hoje faz dois anos que eu Te conheci

Meu Amor Maior.

Não foi o dia que eu Te a comecei a Amar, pois isso foi 9 meses antes (mais coisa menos coisa).

Sim, comecei a Amar-Te no mesmo segundo que desconfiei que serias já uma sementinha dentro de mim prontinha a crescer.

Ainda não haviam certezas, mas eu já sabia, Tu já eras parte de mim.

 

Dois anos se passaram, voaram para ser sincera, e muita coisa mudou.

Eu passei a ser Mãe, a Mãe da Inês  e Ele passou a ser o Pai da Inês, como tu já dizes.

Já sabes fazer essa ligação.

Já sabes muito bem chamar pela Mãe e pelo Pai.

Aliás a seguir à palavra "Não", são as palavras que me melhor se percebe.

É filha, ainda falas muito "chinês ou japonês" ...mas a mãe sabe SEMPRE, SEMPRE o que tu queres dizer.

Também já sabes dizer "na quero".

E finalmente já verbalizas o "sim ou uma espécie de Xi".

 

Já sabes que quando vamos para o carro verde*** (tu dizes "Vede") é quase sinónimo de dia de folga da escolinha e os teus olhos brilham.

Também já sabes que quando vamos de carrinho e viramos para a esquerda na primeira esquina é sinal de que não vamos para a escolinha.

Ficas eufórica.

E nisso és igual a mim.

Expressas para o bem e para o mal de forma bem efusiva e para toda a gente ouvir!!!

 

Já reconheces o simbolo do nosso grande Porto, para desgosto dos teus avôs😂😂😂

E vibras quando gritamos Golooooooooo

Que maravilha. 

 

Já começas a querer ser mais próxima da nossa Big e ela aos poucos,  muito pouco, vai deixando.

Já sabes imitar o Leão🦁🦁🦁🦁

 

  Mas nem tudo é cor de rosa e também já tivemos direito a coisas menos boas durante estes dois anos.

Nada de grave, mas que fazem minutos parecerem horas.

O que mais me tira do sério são sem dúvida as tuas birras.

Fazes em qualquer lado.

Passo- me vom isso, mas Tu não estás nem aí. 

Por isso as palmadas que apanhas são resultado dessa tua faceta tão vincada (aka Rodrigues).

 

Por tudo isto e muito mais, sim, haveria muito mais para dizer, Obrigada Filha por me mostrares todos os dias que eu posso ser melhor e pior no mesmo minuto 😂🤣🤣😂😂😣😣😣😣

 

 

Parabéns Inês ❤

Parabéns a mim❤

Parabéns ao Pai❤

 

 

 

A Miss Osa

miss_simpatia.jpg

 

Daqui fala a Osa, mas qual delas...

 

Não, a Osa não vai entrar em nenhum filme, nem agora nem para breve 

Mas que gosta da moçoila do cartaz, lá isso gosta e também gostou do filme...quem de nós, menininhas não gostou?

Eu das milhentas vezes que vi, gostei muito das duas primeiras vezes.

As outras vieram por acaso.

Também não venho dar sugestões para o belo do fim de semana que está aí à porta.

Venho só e apenas contar-vos uma das peripécias que vivi na primeira pessoa.

 

Quando era mais nova, quase que posso dizer que parece que foi noutra vida...

A minha mãe convenceu-me a participar numa coisa que jamais pensaria em participar.

Num concurso de Miss.

Calma, não era Miss Mundo nem coisa que se pareça, era apenas a nível local. 

O concurso a Miss Vizela.

A minha cidade.

Eu tinha 24 anos na altura, por isso corria o ano de 2005 e por altura do mês de Julho iriam decorrer no Park Club (discoteca local que já não existe, mas fui lá muito feliz) os "castings" para se escolherem as finalistas, penso que seriam umas 10 ou 12, confesso que já não me lembro ao certo.

Lembro-me de ter feito umas fotos mais "catitas" para enviar para o concurso e de não comentar isto com quase ninguém. Sinceramente achava que não valeria a pena pois não passaria daquela fase...na minha cabeça jamais imaginaria ser uma das finalistas.

Sabia a Filomena, que me fez as fotos, a Sandra porque fui arranjar o cabelo lá no salão e a minha mãe. Acho que até o meu Pai não sabia, sinceramente!

Chegado o dia, fui com a Filipa, uma vizinha minha que também ia participar.

Chegamos e estavam muitas meninas lá.

Não me lembro muito bem de pormenores, só me lembro de estarem quase todas as escolhidas e de me chamarem para dar "uma voltinha", que neste meio significa desfilar para os que estavam a avaliar.

Estava lá a Isabel Figueira e lembro-me de ter sido ela a dizer que achava que eu tinha ali "qualquer coisa" e por isso fui para o lado das finalistas

Eu na altura não estava mesmo a perceber o que se estava a passar ali, mas de repente eu estava prestes a desfilar em frente a muita e boa gente 

Só eu e outra miúda é que éramos assim para "as mais velhas" porque de resto eram quase tudo sub 18...

Lembro-me de sair da reunião em que nos foi dada toda a informação necessária (horários de ensaios etc...) e chegar  ao carro só me apetecer gritar...telefonei à minha mãe aos gritos e ela só dizia para eu mais falar baixo e que ela já sabia que eu iria passar.

Lembro-me de ter falado com a Sandra, ja não sei se pessoalmente ou ao telefone e estar só aos gritos, tal era a adrenalina que estava a sentir...

(quase que estou a sentir agora essa vontade de gritar, ao recordar isto tudo)

Lembro-me de levar muito na cabeça durante os ensaios por morder o lábio...

Mas lá fomos conseguindo melhorar e roupas provadas, chegamos ao dia D.

Fizemos o desfile em plena praça do Fórum Vizela, acho que foi a primeira vez...não tenho é a certeza!

Adiante, com a família sentada e as amigas na varanda da Sónia (ela tem casa lá) estava tudo pronto para a Eleição da Rainha das Festas de Vizela, suas Damas de Honor e a Miss Simpatia.

Desfilamos 3 vezes, com roupa casual, biquini e vestido de noite.

Adorei as 3 roupas que foram escolhidas para mim, mesmo.

Quanto ao cabelo, ficou "Tchanan" demais, aliás o meu cabeleireiro da altura odiou, não foi ele que me penteou, era a organização que tratava disso. Quem me penteou achou que era um desperdício não dar volume ao "cabelão" que eu tenho e deu asas à imaginação...digamos que para um desfile de Portugal Fashion se enquadraria, agora para um concurso de beleza não se enquadrou muito.

Mas eu estava bem e feliz, por estar numa aventura que jamais tinha pensado, muito menos com aquela idade!

Lembro-me do nervoso miudinho antes de cada entrada na passarela...que era inclinada, imaginem a Osa, que desfilar não é de todo o seu forte, desfilar (ou tentar andar com estilo) numa rampa!

Quando termina tudo somos chamadas para ouvir os resultados, começando pela a Eleição da Miss Simpatia.

Esta votação é feita pelas candidatas.

E só não foi uma votação unânime, porque eu não podia votar em mim própria que também não era o caso!

Todas Elas votaram em mim  fiquei surpresa, mas muito, muito agradecida pelo carinho de todas.

A nossa ensaiadora que era uma autêntico "sargento" disse-me ao ouvido "Parabéns, foi mais que merecido", fiquei de coração cheio 

Mas mais do que isso foi ver o orgulho da minha mãe ao ver que a filha tinha sido "reconhecida" pela sua simpatia e bondade.

Mais do que beleza ela quer que os filhos sejam vistos como boas pessoas.

E como a nossa querida mami disse: "...e quiçá é mais difícil ser-se simpática do que bela..."

Sim, há delas que não têm opção, já nasceram Belas 

Para nós, umas mulheres reais e normais resta-nos mostrar ao mundo que as qualidades não se ficam apenas pela beleza e há muito mais para explorar.

É verdade, a menina da minha idade ficou em 2º lugar, sendo a Primeira Dama de Honor, por isso não conta só a idade (pequena).

 

Cá está o Post que estava na caixa dos rascunhos há tempo demais, só tinha o titulo, por isso hoje abri a caixinha das recordações e brindo-vos com mais uma aventura da Osa.

 

Tenham um bom fim de semana!

 

P.S - Ups mais um testamento 

P.S2 - Imagem retirada da net.

 

O Ser e o Estar, eis a questão!

Daqui fala a Osa, mas qual delas...

 

Hoje a primeira música que ouvi quando liguei o rádio foi a "Fácil de Entender" dos "The Gift".

Só um aparte, eu Adoro-os.

E ao ouvir a música veio-me imediatamente à cabeça este Post que tenho andado a "magicar" na minha cabeça já há algum tempo.

É um tema actual e é algo que tenho vivido na primeira pessoa nos últimos tempos.

 

Como sabemos o Português pode ser tramado.

Correcção, O Português É Tramado!

Ou melhor a Língua(gem) Portuguesa. 

Eu confesso que nunca gostei muito da disciplina de Português e sempre foi uma das que tive notas mais baixas. Não eram negativas, mas também não passavam de positivas baixas.

Não era dificuldade, acreditem, achava apenas desinteressante...ou não tive os melhores professores para me estimular.

Atenção que não estou de TODO a Responsabilizar ninguém pelo meu desempenho razoável. Foi só e apenas só minha culpa das notas razoáveis que fui tendo nos meus anos de escola a Português, porque em relação às outras disciplinas eu fui uma aluna melhorzinha, até fui distinguida como sendo das melhores da escola no 8º ano.

A Osa sempre foi muito estudiOsa!

 

Mas não foi para falar disto que hoje aqui estamos.

Foi para vos perguntar se tal como eu também se perguntam se conseguimos perceber a diferença entre o verbo "Ser" e o verbo "Estar". 

Vou dar uns exemplos básicos:

 

"Eu sou a Osa."

"A Osa está a escrever um Post."

 

Na primeira frase temos a conjugação do verbo Ser na primeira pessoa no tempo Presente.

(ui que estou a caminhar por caminhos pantanosos...)

Na segunda frase temos a conjugação do verbo Estar na terceira pessoa no tempo Presente.

Será que se consegue perceber a diferença?

Ou vamos ter que voltar à escola?

Mas à escola primária!!!

(Com isto vou pondo em dia as matérias, não tarda a pipoca vai precisar da minha ajuda e quero estar à altura!)

 

Agora vou dar outros exemplos:

"A Osa é Gorda/Magra."

"A Osa está Gorda/Magra"

Nestas duas frases apenas muda uma palavra.

Mas uma só palavrinha muda tudo!

Ou será que não?

Para mim sim.

Eu, como sabem estive acima do peso durante algum tempo, mas nunca estive ou fui gorda segunda a doutora 

Durante esse(s) período(s) eu tinha noção de que aquilo que o meu corpo mostrava não era eu, mas na altura a boca marchava muita e boa comidinha ( porcaria também) e estava mais relaxada no que toca ao exercício físico, por isso não podia reclamar da "minha condição física". 

O que quero deixar hoje aqui como "Mensagem" é que não importa como tu ESTÁS, o Importante é o que tu ÉS!

Eu por exemplo sempre tive Boa cabeça(graças a Deus) para lidar com altos e baixos na vida, sejam físicos ou não.

Sou uma Optimista por natureza  

Mas não somos todos assim.

Nem todos podemos, nem queremos ser Magros, tipo Carolina Patrocínio.

Vamos é fazer por nós e para nós, pois não há ninguém que o faça se tu não deixares.

Não há milagres!

Não adianta termos os melhores profissionais a trabalharem connosco, quer a nível físico quer a nível psicológico, que se não houver vontade própria para melhorar os resultados não vão aparecer.

 

Que a nossa excepção à regra seja:

"A Osa está Feliz."

porque

"A Osa é Feliz."

 

Com Amor,

Osa 

 

 

 P.S - Desculpem o texto longo, mas esta cabeça esta semana está em Mood profundo 

 

 

Dez Anos de Águeda

FB_IMG_1508858123707.jpg

 

Daqui fala a Osa, mas qual delas...

 

 

Águeda é uma cidade do Distrito de Aveiro, caso haja alguém que não conheça.

Duvido, Águeda está na boca do mundo!!!

Eu confesso que há dez anos atrás só tinha uma vaga ideia desta cidade.

Não foi mau o nosso primeiro encontro, mas foi uma espécie de " Olá, comer, dormir, comer e Adeus "!

Foi quando me aventurei na peregrinação a Fátima.

Uma das nossas paragens foi cá.

Dormimos na Residencial Celeste e jantamos no  Restaurante Ribeirinho.

À residencial ainda não voltei mais, mas já comi bastantes vezes no restaurante.

Confesso que não reconheci à primeira o restaurante, aliás organizei lá jantares de curso e acho que só quando lá entrei à terceira é que percebi que tinha sido ali que nos tínhamos "abastecido" para mais uma caminhada dura.

 

Este Outubro de 2017 tem nos brindado de tudo um pouco.

Nem tudo bom (aliás, muito mau), mas temos que seguir em frente.

A ESTGA festejou o seu 20º aniversário e eu comemoro 10 anos de Águeda.

Tive pena de não estar presente nos festejos, que decorreram na altura do feriado 5 de Outubro, mas tive direito a umas mini-férias no miminho dos meus.

Moro muito perto dela, actualmente, mais, da minha varanda traseira vejo-a.

Foi lá que O conheci.

Obrigada ESTGA 

 

Mas Águeda foi mais que uma escola.

Foi a cidade que me deu o Amor.

O Amor por Ele e com isso o nosso AMOR MAIOR.

 

Mas como nem só deste Amor é que o humano precisa, também Águeda me deu bons Amigos.

Aliás a "minha pessoa" foi-me apresentada aqui.

Minha Osa

Pedi-lhe para recuar 10 anos, diz Ela:

 

" Em Outubro de 2007 estava em Águeda no segundo ano da universidade. Foi exactamente em Outubro que te conheci(...) numa praxe (...) e te achei super arrogante...foi preciso pouco tempo para perceber que estava errada (...) um dos milhares momentos foi na minha última queima,em que nós decidimos fazer entrevistas aos meninos giros. O mais hilariante, foi ao vir do Kuecs todas felizes e contentes como de costume e ao virar da esquina tiramos uma foto e do "nada" vem a policia atrás de nós***. Estava aqui dias seguidos a recordar os nossos momentos."

By Sílvia Dias Pereira

 

A Águeda que eu conheci há dez anos já não existe.

Eu fiquei muito assustada no inicio, confesso.

Era uma cidade deserta, sem brilho nem Vida.

Mas os anos foram passando e eu fui-me adaptando.

Vi a cidade mudar de ano para ano, para melhor.

Vi gente a chegar e outros a irem-se embora.

Vejo os turistas curiosos a quererem registar todas as cores que os guarda-chuva coloridos oferecem e todos os recantos pela cidade que ano após ano vão ganhando Cor e VIDA.

Ainda hoje fui abordada por um casal de espanhóis para os ajudar a encontrar a rua dos chapéus.

Mostraram-me uma foto que aparecia uma das ruas.

Triste, disse-lhes que já não haviam os chapéus, que só estão nos meses Junho(fim), Julho, Agosto, Setembro e talvez nos primeiros dias de Outubro.

Eles "desiludidos" perguntaram e o banco (aparecia na imagem).

O banco de jardim que como todos os outros espalhados pelas ruas pedonais estão pintados, com desenhos ou simplesmente com muitas cores, ganhando vida e conquistando todos os que por eles passam.

Eu sorri e disse-lhes que sim, seguindo a rua podiam encontrar os bancos e mais coisas coloridas para verem. Os candeeiros espalhados pelas mesmas ruas também estão cheios de cor, assim como algumas escadas pela cidade.

Só não haviam mesmo os chapéus.

Para o ano eles voltam.

 

Águeda para além da nova família que ganhei também me vai mostrando pessoas que quero levar para a minha vida.

O desporto tem sido um dos principais "motivos" para eu conhecer muita gente e lá no meio tenho ficado com os melhores na minha jornada

 

Por isto e muito mais que há para vir, eu sei que vamos continuar a ser Felizes!

Obrigada Águeda  

 

***uma peripécia para contar um dia destes, prometo!

 

P.S -  Teria muitas fotos para mostrar desta minha década cá, mas esta foi do terceiro ano e esse foi o ANO 

 

 

 

Um facto deveras importante

giphy (1).gif

 

 

Daqui fala a Osa, mas qual delas...

 

 

Não, não e não.

O titulo é só para chamar a atenção, tipo "...Georgina não aguenta gémeos..." e tu vais abrir a noticia para ver se "estalou o verniz" e afinal ela não aguenta de amor, por serem tão fofos!!!

[Importante; eu li somente o cabeçalho, juro, mas quase que aposto que será algo género]

 

O que eu venho afirmar é o que muitos já sabem, o AÇÚCAR é viciante!

Eu que não sou dada a vícios, tirando o de encher a minha filha de beijos e amassos, este fim de semana deixei-me levar pela doçaria e estou em Ressaca Pura de "tanto" açúcar ingerido...

 

Hoje de manhã confesso que quando acordei senti uma dor de cabeça e um cansaço estranho...ou isso ou um mal estar por ter abusado um pouco 

 

Mas a vida é assim, Ontem Abusaste Hoje Aguentas!!!

 

Meninos vamos lá a mais uma semana 

Desafio - Já Fiz || Nunca fiz

ja_nunca (1).jpeg

 

Daqui fala a Osa, mas qual delas...

 

Ana aqui está, um bocado atrasado, mas está aqui o possível!

 

1. Eu nunca fiz um interail.

Verdade, embora tenha este "aspecto" aventureiro, sempre houveram outras prioridades.

 

2. Eu já participei num concurso.

Embora isto não seja nenhum segredo, eu ainda não falei sobre isto, mas eu já participei num concurso de "beleza", aqueles das terrinhas que elegem as Misses. Um dia destes conto a "aventura".

 

3. Eu nunca conheci a pessoa que mais admiro.

Eu não sei bem responder a esta questão, pois eu sou mais do tipo conhecer antes e admirar(ou não) depois. Mas posso dizer que admiro pessoas que "agarram os Touros pelos Cornos", desculpem a expressão.

 

4. Eu já caí na rua.

Não vou dizer quantas vezes porque acho que já perdi a conta...a última vez estava grávida  (foi só um susto).

 

5. Eu nunca desmaiei.

 Mas confesso que sempre tive vontade de saber a sensação de desmaiar, era miúda e "sonhava" que iria desmaiar a qualquer momento!! Eu sei, muita parvoíce 

 

6. Eu nunca estive em coma alcoólico.

Mas confesso que já estive um pouco (muito) ou tanto alcoolizada...mas se me perguntarem oficialmente eu vou negar tudo!!!

 

7. Eu nunca experimentei drogas.

Uma passa num charro não pode contar, até porque aqui a menina não tem jeito nem para cigarros...

 

8. Eu já me vinguei de alguém que me fez mal.

E não me fez sentir melhor...aliás aquele sentimento que na altura parece de justiça feita é pura ilusão.

 

9. Eu já tive um acidente.

Mais do que um até. Mas um é que foi considerado muito grave, nada de ferimentos, graças a Deus, mas eu fiquei muito mal na altura, o carro era recente, estava a paga-lo e ele tinha ficado em muito mau estado. A culpa não foi minha, mas também sei que se fosse mais devagar as coisas poderiam ter tido outro desfecho. Foi muito má esta fase.

 

10. Eu nunca andei de avião.

E sinto que essa "lacuna" tem que ser preenchida.

 

11. Eu já bebi demais.

Resposta no ponto 6.

 

12. Eu já confundi uma pessoa com outra.

Quem nunca 

 

13. Eu nunca me perdi num país/cidade estrangeira.

A minha experiência com o "estrangeiro" cinge-se à nossa vizinha Espanha e nunca me aventurei muito.

 

14. Eu nunca tive uma experiência paranormal.

Embora em criança "visitasse" muitos curandeiros e afins...os meus pais tinham umas crenças estranhas...

 

15. Eu já roubei.

Se contar para cadastro eu vou negar, aviso já!!! Mas talvez umas gomas e rebuçados do mercado lá da aldeia tenham vindo comigo para casa sem passar pela caixa registadora...

 

16. Eu nunca apaguei coisas do facebook por ter poucos likes.

Não ando nesta vida pelos likes, nem aqui nem no Facebook!

 

17. Eu já traí alguém.

Nada conjugal, mas acho que as traições não se resumem às relações entre casais. Foi uma coisa que embora não tenha sido propositada, foi desnecessária.

 

18. Eu já deixei de falar com alguém que me magoou.

Felizmente a vida mostrou-me que temos e devemos dar segundas oportunidades.

 

Respondi com sinceridade a todas as perguntas?

Sim, a todas.

Fazer este desafio fez-me "ir" até várias alturas da minha vida muito distintas e algumas delas "até um pouco recalcadas", por me terem feito aprender da pior forma que a vida não é linear.

 

Agora falta "passar" o testemunho...querida Sweetener alinhas?

 

Nota: não fui que fiz as regras abaixo descritas.

" Eis as regras

 Responder a todas as perguntas apenas com "Eu já" ou "Eu nunca" .

 Responder à última pergunta com "sim" ou "não".

 Colocar a imagem oficial do desafio (obrigatório).

 Referir quem vos passou o desafio.

 Passar o desafio a pelo menos 4 pessoas (semi-obrigatório)*.

*não é de todo cariz obrigatório porque nem toda a gente gosta de nomear, era porém para dar alguma continuidade ao desafio. "

 

 

My mood...

Daqui fala a Osa, mas qual delas...

 

...é tipo o dia de hoje.

"Nem F!*ª! nem sai de cima"

 

Com os acontecimentos do fim de semana a serem "bombardeados" por todos os lados, fica difícil sair desta Apatia.

É mesmo assim que me sinto e por isso não tenho escrito nada.

Estou Apática.

 

Mas chega, não gosto nem quero estar assim!

O que se faz para combater este estado de APATIA Total?

 

Hoje depois de almoço decidi que viria para aqui "desabafar" e que iria colocar algumas músicas que me fazem logo querer levantar da cadeira para dançar.

[eu posso, vantagens de trabalhar alone  ]

neste momento que estou a escrever estou a dançar esta musica da Ariana Grande

[que de grande só o vozeirão, passe a piada]

 Digam lá, dá logo vontade de abanar o corpinho, não??

 

E para esses lados o que fazem para combater os maus sentimentos?

 

Com Amor,

Osa 

 

 

Sinto-me Estúpida!

cao triste.jpg 

Daqui fala a Osa, mas qual delas...

 

Sinto-me Estúpida por estar a escrever isto.

Sinto-me Estúpida por sentir este nó na garganta.

Sinto-me Estúpida por já ter planos para o Post de hoje, um Post feliz...

Sinto-me Estúpida por sentir uma alegria no Peito porque faz hoje 10 anos que cheguei a Águeda pela primeira vez.

Sinto-me Estúpida por pensar que a vida corre sempre como queremos ou planeamos.

Sinto-me Estúpida por sentir-me assim.

Sinto-me Estúpida por achar que tenho direito a estar triste e desolada com tanta coisa má a acontecer.

Sinto-me Estúpida por achar que me posso deixar levar pela angústia de quem perdeu ou está perder tudo... casas, rendimentos e até Pessoas.

Sinto-me Estúpida por saber que estão a morrer pessoas por causa dos incêndios.

Sinto-me Estúpida por ver este (des) Governo não fazer nada, mas mesmo nada para que desgraças destas NUNCA mais aconteçam.

Sinto-me Estúpida por ter acreditado que as lágrimas que derramei há 4 meses atrás iriam ser as únicas por tamanha revolta.

Sinto-me Estúpida por me achar no direito de me sentir assim.

Sinto-me Estúpida porque assim como hoje, há 4 meses atrás a minha vida seguiu normalmente.

Sinto-me Estúpida por hoje de manhã, apesar das noticias, eu tive direito a levar sã e salva a minha princesa à creche, vir trabalhar e ainda "me queixei" com o cheiro a fumo.

Sinto-me Estúpida de na hora de almoço ter "o luxo" de poder ir para o ginásio e "sofrer" durante 45 minutos a puxar numa bicicleta.

Sinto-me Estúpida por vos contar tudo isto.

Sinto-me Estúpida por estar a chorar e sentir necessidade de Gritar AO MUNDO QUE ISTO NÃO PODE NEM DEVE ACONTECER.

 

Sinto-me Estúpida ...